top of page
  • Foto do escritorJuliana Marona

FSA aumenta a conscientização sobre os riscos dos rótulos veganos para quem sofre de alergias.


A campanha da Food Standards Agency (FSA) do Reino Unido, visa educar o público sobre a diferença entre rótulos “veganos” e “livre de”. Enquanto os produtos veganos podem não conter ingredientes de origem animal intencionalmente, eles estão sujeitos à possível contaminação cruzada com alérgenos, diferentemente dos produtos com rótulo “livre de”, que seguem procedimentos rigorosos para evitar qualquer contaminação cruzada. Uma pesquisa da FSA indicou que muitas pessoas confiam erroneamente na rotulagem vegana para determinar a segurança dos alimentos em relação a alergias, com 54% usando-a como referência de segurança, 53% para compras para alérgicos, e 29% desconhecendo a necessidade de verificar rótulos de precaução em produtos veganos. Para combater essa desinformação, a FSA lançou uma campanha, apoiada por instituições de caridade especializadas em alergias do Reino Unido, enfatizando a importância de verificar avisos de alérgenos em produtos veganos. Além disso, a FSA atualizou suas orientações técnicas sobre rotulagem para aconselhar sobre o uso de avisos de possíveis alérgenos, promovendo assim a segurança e ajudando indivíduos com alergias a fazer escolhas alimentares informadas.


Fonte: Site Affidia Journal

1 visualização0 comentário

Comments


bottom of page