top of page
  • Foto do escritorJuliana Marona

FDA reforça segurança alimentar com novo alerta de importação contra contaminantes químicos.




O recente Alerta de Importação 99-48 emitido pela FDA visa proibir a entrada nos EUA de produtos alimentares humanos contaminados com uma série de produtos químicos sintéticos irritantes, como benzeno, dioxinas, PCBs e PFAS. Estes contaminantes foram encontrados em embalagens de alimentos e são conhecidos por seus efeitos contra a saúde humana e ao meio ambiente. Os PFAS, especificamente, eram valorizados na indústria de embalagens por suas propriedades resistentes a calor, óleo, manchas, gordura e água, mas agora são reconhecidos pelo seu potencial de deficiências à saúde e ao meio ambiente. Vários estados nos EUA estão gradualmente eliminando o uso de PFAS em embalagens de alimentos, com alguns estendendo a proibição para além das embalagens. A FDA também considera revisar suas regras para restrições ao uso de matéria em contato com alimentos por motivos que vão além da segurança. Além disso, uma pesquisa da FDA em 2022 revelou que uma exposição ao PFOA, um tipo de PFAS, em amostras de frutos do mar importados da China, poderia representar riscos à saúde. Isso levou a FDA a planejar mais pesquisas e possivelmente expandir o alerta de importação para impedir a entrada de frutos do mar contaminados com PFAS nos EUA. Empresas com produtos alimentares que excedam os limites de contaminantes estabelecidos podem estar sujeitas à detenção sem exame físico.


Fonte: Site Food Navigator

0 visualização0 comentário

Comments


bottom of page